Paulo Amâncio: a palavra do garimpeiro

Compartilhe:

Tive com Paulo Amâncio dias atrás. Como sempre prudente, fala pausada e muita sabedoria. Quando eu menos esperava, ele me veio com a solução para o Brasil.

Dirigia com a família e um neto, que inicia a vida escolar. O menino tomou um suco de caixinha. Ele abaixou o vidro do carro e pediu para o netinho jogar o caixa na beira da estrada. O menino respondeu: não posso vô, vou contaminar o planeta Terra. A professora me disse que lixo é para ser jogado na lixeira.

Veio o certeiro tiro do Paulo Amâncio: só a educação das crianças de hoje, pode salvar o nosso País.

Compartilhe: