Espigão do Oeste (sexta-feira, 08 de junho)

Compartilhe:

Estamos visitando gente. Dessa vez foi em Espigão do Oeste. Cidade que eu vim, e venho bastante. Agora que saí do governo sobrou mais tempo para encontrar os amigos. Antes era uma corre-corre, estava sempre apressado. Agora estou com todo o tempo do mundo. A gente vem, senta, conversa, escuta, bate papo. Começamos pela Prefeitura, o prefeito Nilton Caetano estava em Porto Velho assinando convênios. Fui bem recebido por sua equipe e pelos vereadores Lirvâni e Adão.

Tomei café na casa da dona Diná Lagares, pioneira em Espigão, em 1972 ela chegou no município. Nessa greve dos caminhoneiros? Nem se preocupou com o desabastecimento do gás. Lenha pra queimar ela tem. Mineira de origem. Cozinha quase tudo no fogão à lenha. Feijão tropeiro, carne de porco, tutu de feijão, e claro, aquele cafezinho de todo bom mineiro. Ela é mãe do ex-vereador Décio do MDB. Agradeço à toda família pela hospitalidade.

 

 

Visita ao Joel, diretor administrativo da empresa Meridian – Mineradora que trabalha com a pesquisa de Manganês. Ela está há três anos no município e gera 190 empregos diretos. Espigão é um município acolhedor fundamentalmente agrícola, mas tem uma riqueza mineral incalculável. Literalmente, fruto de um solo rico.

 

Tive também com a diretora, Luzia Gabiati, da Escola Estadual Jerris Adriano Turati. Uma escola alto nível. Luzia foi professora, orientadora, supervisora e agora está na direção. No pátio da escola tem mandioca, couve, cebolinha, uma horta linda que ajuda a complementar a merenda escolar. Um orgulho para ela.

Na empresa Globoaves reencontrei o Ademir. Foi uma visita de cortesia. A Globoaves é uma empresa grande que tem 700 funcionários. Atende todo o Estado de Rondônia. É um pessoal que a gente já conhece há muito tempo. Visitamos também o gerente do Laticínio knutri, outra  grande empresa do município, fomos ainda à laminadora do Flavio Barden, que trabalha com compensados e laminados há mais de três décadas no município.

Visita à diretora Simone Ferreira, da Escola Estadual Fernanda Souza de Paula – uma escola com grande significado. Era o sonho da diretora Adinéia que esta escola fosse reconhecida. Faleceu quando estava entrado com a documentação para o reconhecimento. A escola vingou. Hoje são 730 alunos matriculados. Com o projeto excelência e recurso estadual, a escola está desenvolvendo uma horta escolar, e quer fazer um minhocário, aproveitado o resto dos alimentos dos alunos. É o minhocário que vai ajudar a preparar o adubo para plantar as hortaliças de qualidade, para auxiliar na merenda.

Entrevista na rádio Mega, FM. Celso Ricardo e Adelson Francisco. Fique admirado como esses repórteres de Espigão. Sao profissionais de extrema grandeza. Tem um preparo de voz excelente, um desempenho desembaraçado, fazem perguntas oportunas e bem inteligentes , rápidos no gatilho. Francamente eu saio dessa entrevista assim, admirando bastante, e muito feliz. Foram 40 minutos de entrevista que me enriqueceu bastante pela qualidade dos entrevistadores.

Visitei ainda o diretor Deosmar, da Escola 07 de setembro. São 323 alunos matriculados nesta escola de tempo integral – o aluno entra 7h30 e sai às 17h. É uma escola exemplar, modelo. As salas de aula são ambientes preparados para aulas específicas de matemática, física, química, português… O aluno não tem uma sala fixa. Um fato curioso: existe uma geladeira comunitária, se o aluno quiser levar seu próprio lanche ele guarda lá e ninguém mexe. A escola tem um atendimento educacional especializado (AEE), para alunos portadores de necessidades especiais.

O café da tarde foi na casa da dona Ana e do seu Jacó. A maioria era professor, mas tinha vereador, ex-vereador, ex-prefeito, profissionais liberais,  funcionários públicos. Dentre eles, Cristiane, servidora da Emater, que fez um elogiou, e se esclareceu sobre as finanças do estado com ex-secretário da SEFIN – que está me acompanhado nessas visitações e conferindo de perto o peso de sua caneta em minha gestão. Wagner Garcia é um técnico comprovadamente capaz. Nesse rio turbulento, Wagner deu boas braçadas contra o banzeiro que desbarranca o Brasil neste período de crise.

Visita à filha da saudosa Deputada Lúcia Tereza, a médica pediatra, doutora Giovana Roberta. A deputada Lúcia Tereza foi uma pessoa muito querida e tenho uma admiração grande pela familia.

 

 

O Jantar na casa do seu Sebastião foi pra lá de especial. Tinha carneiro, galinha caipira e pequi. Havia um tempo que não comia um pequi tão gostoso e temperado. Era pequi de Goiás, inigualável. Também pudera, a esposa do seu sebastião é lá de Iporá, Goiás, ela caprichou na comida. Muito obrigado pela acolhida e pelo carinho. Me acompanharam em parte da agenda o ex-prefeito Célio Renato e o ex-vereador, Décio Lagares.

 

Compartilhe: