Agenda Porto Velho (terça-feira, 07 de agosto)

Compartilhe:

 

Foi um dia para conversar, discutir estratégias de campanha com os pré-candidatos e receber apoios. Com o Jurandir, ex-presidente da AROM, ex-prefeito de Santa Luzia, não foi diferente. Jurandir é candidato pelo partido PODEMOS e veio falar comigo pra gente fazer uma parceria. Ele está na nossa coligação. Vamos dividir a escassez entre nós mesmos, com pouco dinheiro, mas vamos dividir com ele pra ser um parceiro importante na Região da Zona da Mata.

 

O Décio Lagares é uma liderança forte lá de Espigão do Oeste, teve comigo hoje. Ele e a esposa, Nadja Lagares, que são muito politizados. O Décio está em outro partido agora, por conveniência dele, mas eu o chamei fazer uma parceria com a nossa candidatura ao Senado, e ele a deputado estadual na região de Espigão do Oeste. É um forte candidato a vitória.

 

 

 

O pastor Valadares é da Igreja Assembleia de Deus Madureira. Ele é pré-candidato a deputado federal e está em nossa coligação. Fui falar com ele pra gente buscar um entrosamento, uma parceria para fazer uma campanha juntos, mais barata. Essa combinação. O planejamento dele é fazer nove grandes encontros no Estado de Rondônia.Gostei da ideia. Estava também no bate papo, o meu amigo e ex-deputado Edivaldo Soares.

 

 

 

Também estive com o deputado Dr. Neidson, de Guajará Mirim, que busca uma reeleição. Estamos na mesma coligação, acertamos que, quando puder vamos fazer reuniões conjuntas. Conversamos bastante e desejamos sorte um para o outro, e vamos fazer esta parceria em Guajará e região.

O Júlio Olivar, meu amigo jornalista e escritor, é  também pré-candidato a deputado estadual pelo Podemos. Esteve comigo hoje no período da tarde. Uma figura muito querida. Ele foi secretário de educação, superintendente de turismo e de comunicação no meu governo. Muito competente. Possui  uma extensa folha de serviços prestados como gestor público. Merece uma vaga na Assembleia Legislativa.

 

Outro amigo de longa data com quem tive o prazer de encontrar foi o vereador Leonel, de Rolim de Moura. Quando fui prefeito em Ariquemes ele morava no município e fazia assessoria para um adversário político. Mas sempre nos demos bem.  Há alguns anos ele está em Rolim. É um jornalista muito respeitado. Hoje passou para me cumprimentar, dar um abraço e se colocou à disposição para me apoiar. Fiquei muito feliz em recebê-lo.

 

O meu amigo e vereador Marcelo Reis, na campanha de 2010 foi o primeiro vereador da capital d0 estado a declarar apoio à minha candidatura ao Governo de Rondônia. Eu tenho um apreço e uma admiração grande por ele. Hoje ele veio me cumprimentar,  e dizer que a família e todo o grupo ligado a ele manifestaram apoio à minha pré-candidatura ao Senado.

O Pedro Mancebo era candidato a Senador pelo Podemos, e com a coligação majoritária do Podemos com o MDB, que já havia definido os dois pré-candidatos ao Senado, ele ficou sem a vaga. Ele veio se oferecer, caso a Wagner Garcia aceite a ser vice-governador do Maurão, pra ele ocupar a suplência no lugar do Vagner. Foi só esse o assunto.

 

Também recebi as amigas Leilane Farias, Michele, Ana Cláudia e Rubiane Oliveira. A Leilane é candidata a deputada federal pela primeira vez. Ela é datiloscopista da Polícia Civil. Está saindo pelo PHS. É uma pessoa que está dando os primeiros passos na campanha. Ela é muito simpática, além de ser muito bonita, com certeza vai encantar muita gente na campanha, pelo mérito e junto com a sua beleza, pode alcançar um resultado muito maior

 

 

Os vereadores de Espigão do Oeste Genézio, Adão Salvático, Zonga e Juveci do Pacarama vieram me fazer uma visita. Até queria falar mais coisas. Mas eu vou ter que ir lá no município deles pra acertar os detalhes, porque o Adão e o Juveci vão coordenar minha campanha. Para não constranger os meninos, vou fazer uma viagem lá só para fechar os detalhes. Mas foi uma reunião boa, proveitosíssima, inclusive o Zonga abriu a oportunidade de me ajudar também, ele é do grupo do PP, partido de outra coligação. Foi oportuno a visita.

 

 A primeira “Live” – Tudo é novo para mim neste mundo digital. Esse programa ao vivo por internet a gente espera que ajude na campanha como algo de tecnologia nova, que a população pode desfrutar das ideias do candidato com mais tempo, com mais profundidade. Pode se fazer um filtro muito bom aí. Os programas de televisão são feitos em estúdios, são editados. Nunca sai a coisa espontânea. Aqui não. Na Live é um programa natural, a gente fala naturalmente como se estivesse conversando num quintal de uma casa, colocando os pontos de vista, em família. Eu espero que isso possa nos ajudar muito na campanha.

 

 

Compartilhe: